sexta-feira, 7 de julho de 2017

Lugar não



vela
revela
no timão
desse tempo
do ser verdadeiro
qual um pintor de fato
o querer do artista nato
e toca o que pinta e ama
se vivo, navego essa dor
se me alegro dos mares
nos ponteiros e azares
riscados nos relógios
impiedosos em tics
em tacs pausados
dosados na noite
regada insônia
cronometrada
navegadora
e marítima
renegada
à deriva
senhas
tintas
sorte
falta
dela
tanto
me faz!

Sandoval Fagundes - CASA6 - sábado
26 de setembro de 2015
00:34

Nenhum comentário: