domingo, 16 de julho de 2017

Lugar da insônia



não
vive
olhos
ímpetos
acalmados
nunca quero
mortos atentos
e sedentos de luz
nessa ronda insana
procurando sem ver
os sonhos intensos
tempo e desapego
pela madrugada
porteiros frios
pensamento
deficitário
e solitário
acordam
insones
freiam
olham
fritam
solam
cantam
fenecem
alfinetam
todo tecido
pacientemente
Sandoval Fagundes – CASA6 - 16/07/2015
02:55:51

Nenhum comentário: