sábado, 23 de agosto de 2008

Declaração da Alma da Pele

João Pessoa, 01 de agosto de 2008 04:17


a pele da tua alma me falou do amor
das cores do teu carinho que me coloriu
dos sonhos do teu desejo de se transbordar
imagens do cheiro de luz que me seduziu

a alma da tua pele bem me declarou
tão suave a intenção do sereno já floresceu
e todo amor, de alma sempre aberta
é uma estrada, mais que certa, a tua dor


...

3 comentários:

Mana disse...

Lindo poema San.

carla disse...

Também gosto deste poema...muito!
Mais um blog para os favoritos
Beijo amigo

Raissa disse...

Saudade de vc!
Sinto falta das tuas palavras, da tua voz!
Beijos
Raissa